Odontogeriatria


Odontogeriatria é o ramo da odontologia que enfatiza o cuidado bucal da população idosa, especificamente participando da promoção do envelhecimento saudável, através de procedimentos preventivos, curativos e paliativos . Diversas são as mudanças que ocorrem com o envelhecimento em todo o organismo. Na boca podemos notar:

As mucosas ficam mais sensíveis e finas. • As colorações dos dentes podem mudar. • Pode ocorrer a diminuição da quantidade de saliva, geralmente devido à efeitos colaterais de medicamentos causando a secura na boca, conhecida como Xerostomia. • Diminuição na percepção dos sabores o que pode levar ao alto consumo de temperos na alimentação e agravar problemas como diabetes e pressão alta. Não abuse dos temperos! • O periodonto, que engloba as estruturas de suporte do elemento dental, pode, com a idade, sofrer um decréscimo no seu conteúdo de fibras. • Em função das alterações neuro-musculares associadas ao envelhecimento, mudanças na ingestão de alimentos podem ocorrer como a aspiração, mastigação incompleta, refluxos ou inalação dos mesmos. • A tonicidade da musculatura da língua é outro aspecto que acaba por criar mais um fator de readaptação das pessoas idosas, para conseguirem que o bolo alimentar possa atingir o estômago de forma mais adequada. • Outro aspecto geralmente observado no idoso é a halitose, muitas vezes citada pelo paciente como tendo origem odontológica. Após um programa de limpeza da cavidade bucal, higienização e bochechos, se não forem observadas melhoras, deve-se procurar por causas esofágicas ou gastrointestinais. • O fator psicológico de não ter seus dentes tratados, ou a ausência de Prótese adequada, aguça um sentido de mutilação que é característico da idade avançada. Seja na família, no trabalho ou nos ambientes sociais, o idoso não deve ter restrições de sorrir, falar ou selecionar alimentos adequados à sua condição funcional de mastigação. • Há uma diminuição natural na secreção dos sucos gástricos com a idade, por isto o preparo correto do bolo alimentar na boca é primordial.

Cuidados especiais

Problemas como hipertensão arterial, diabetes e doenças cardíacas são comuns nessa fase da vida e podem resultar em complicações sérias se não forem tratadas. Por isso mesmo, médicos e dentistas devem manter um diálogo frequente sobre o estado de saúde geral do paciente.

Prevenção: cuidados a serem tomados

Cuide bem da limpeza de sua boca. Escove após cada refeição, passe o fio dental e, em caso de próteses, as mesmas devem ser bem • higienizadas;

• Visite seu dentista a cada seis meses, ou antes se precisar; • Realize o auto exame( de câncer bucal) pelo menos 1 vez ao mês; • Mantenha a saúde em dia. Não tome medicamentos por conta própria, vá ao médico; • Cuide de sua alimentação, coma bastante fibra, beba muita água e evite o excesso de sal e açúcar; • Procure fazer exercícios físicos regularmente.

#Odontogeriatriaéoramodaodontologiaqueenfati #Cuidadosespeciais #Prevençãocuidadosaseremtomados #cuidadobucaldeidosos #dentistaparaidoso

Posts Em Destaque
Teremos posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square